Início Mundo Plano de reorganização da Hertz tem investimento de US$ 4,2 bilhões

Plano de reorganização da Hertz tem investimento de US$ 4,2 bilhões

A Hertz Global Holdings acaba de apresentar seu plano de reorganização proposto e declaração de divulgação ao Tribunal de Falências dos EUA para o Distrito de Delaware, como parte do processo do Capítulo 11 da empresa.

A proposta contempla que as companhias Knighthead Capital Management e Certares Opportunities servirão como patrocinadores do plano e se comprometerão a investir até US$ 4,2 bilhões para adquirir até 100% das ações ordinárias da Hertz reorganizada. O negócio está sujeito à aprovação dos credores e do tribunal.

A Certares e a Knighthead deteriam pelo menos 51% das ações da Hertz e teriam a maioria dos assentos no conselho. Nenhuma grande mudança administrativa está prevista para o plano de reorganização que foi negociado com a empresa.

Este investimento proposto, se consumado, junto com um novo financiamento de US$ 1 bilhão, uma nova linha de crédito rotativo de US$ 1,5 bilhão e uma nova linha de securitização lastreada em ativos para financiar a frota de veículos da locadora nos EUA fornecerá a base para a proposta e o financiamento necessário para que a Hertz conclua sua reestruturação financeira e saia do Capítulo 11 até meados do verão no hemisfério norte.

O investimento de capital assumirá a forma de uma compra direta de até aproximadamente US$ 2,3 bilhões de ações ordinárias da companhia reorganizada, juntamente com um compromisso de apoiar uma oferta de direitos de até aproximadamente US$ 1,9 bilhão de ações ordinárias.

Se aprovado, o plano proporcionaria uma nova estrutura de capital sustentável que reduziria substancialmente a dívida corporativa da companhia e possibilitaria uma estrutura de dívida de veículos menos alavancada. Se confirmada, a proposta forneceria ainda o pagamento em dinheiro na íntegra de todas as dívidas existentes de primeira e segunda garantia da Hertz e todas as reivindicações administrativas e prioritárias.

A confirmação do plano também resultaria em uma recuperação de 70% em dinheiro para os credores não garantidos em geral. Além disso, está previsto que certas obrigações dos negócios internacionais da locadora de veículos, que não estão no Capítulo 11, serão reestruturadas em uma base consensual.

“Estamos entusiasmados por atingir este marco importante em nosso processo de reestruturação. Nosso plano de reorganização nos fornece um caminho claro para concluir nossa reestruturação financeira e sair do Capítulo 11 no início até meados do verão. O apoio dos patrocinadores da proposta demonstra a confiança no potencial de crescimento da Hertz”, afirma o presidente e executivo-chefe da empresa, Paul Stone.

Por Beatrice Teizen

Fonte: Panrotas

Notícias mais lidas

Blue Fleet, startup de tecnologia para locadoras de veículos quer revolucionar o mercado

Por Giselle Garcia O setor de locação de veículos teve faturamento recorde em 2019, R$ 21,8 bilhões, crescimento...

Locadoras aguardam entrega de 150 mil carros

Montadoras estão demorando de 90 a 180 dias para atender os pedidos. Há fila de motoristas de aplicativos e pode faltar veículo...

Unidas e iTER se unem para oferecer a melhor tecnologia especializada em rastreamento e telemetria veicular

Ao se unir à empresa de tecnologia, a Unidas tem como objetivo principal a melhoria de processos que trarão mais qualidade para...