Início Mercado Novidade: carros elétricos compartilhados poderão ser pagos por minuto

Novidade: carros elétricos compartilhados poderão ser pagos por minuto

Com o passar dos anos, novas soluções de mobilidade surgiram. Um bom exemplo disso é o serviço de carros compartilhados. Mas você já pensou em alugar um carro elétrico pelo celular e pagar apenas pelo tempo que você usou ele? Estamos falando do VEC Itaú, um serviço que será lançado em breve, possibilitando o acesso a carros elétricos compartilhados.

carro elétrico
O Jaguar I-Pace faz parte da frota do VEC Itaú (Foto: Divulgação/Jaguar)

Veja mais sobre o VEC Itaú, que terá carro elétrico pago pelo tempo de uso

Este é um serviço de compartilhamento de veículos da instituição financeira que pode ser útil para as pessoas. O VEC Itaú, que é operada pela empresa Ucorp, foi apresentado oficialmente em novembro de 2020. De acordo com a página oficial da serviço, ele está em fase de testes, em São Paulo, onde eles convidaram alguns funcionários da empresa.

BMW i3 (Foto: Divulgação/BMW)

O novo serviço de carros compartilhados do Itaú tem um ponto interessante. Sua frota conta com várias opções de carros elétricos. Um deles é o iEV40, um SUV da JAC Motors. É possível fazer a locação de carros premium, como o BMW i3. Sem falar do Jaguar I-Pace. Este modelo traz um motor elétrico que gera 400 cv de potência e 70 kgfm de torque.

Sem falar de uma autonomia de 470 km. Vale lembrar que este não é o único serviço disponível no Brasil que oferece carros sustentáveis. Do mesmo modo que os já conhecidos serviços de compartilhamento de bicicletas e patinetes, o usuário do VEC Itaú irá ser cobrado por cada minuto utilizado.

carro elétrico
Jaguar I-Pace (Foto: Divulgação/Jaguar)

A empresa diz em seu site “teremos condições especiais para horas e dias, além de uma tarifa inicial.”. Ela ainda diz que o valor pode mudar de acordo com o carro escolhido. Uma boa notícia é que os locais onde os carros estarão estacionados terão carregadores para o abastecimento. Lembrando que os motoristas precisam ter a CNH em dia para usar.

Passo a Passo para ativar o serviço de carros elétricos compartilhados

carro elétrico
Foto: Divulgação/Itaú

O serviço de carros compartilhados está crescendo em todo mundo e eles possuem a tecnologia como principal aliada. Afinal, você fará todo o processo de aluguel do carro elétrico por meio do aplicativo do serviço. Hoje, ele está sendo disponibilizado tanto para celulares com o sistema Android quanto para celulares da Apple.

Depois de instalar o aplicativo em seu aparelho, o motorista irá realizar um cadastro. Após ter todos os dados validados, você entrará a na tela principal do aplicativo. Os veículos estarão parados em estações específicas. O usuário irá verificar a disponibilidade do veículo e se encaminhar até o local.

Aqui, o aplicativo servirá para fazer o aluguel. Sem falar que você irá abrir as portas por meio dele. Lembrando que elas irão travar após o fim do período contratado. Este aplicativo ainda mostra informações do veículo. O VEC Itaú ainda está em fase de testes e outras funções devem ser adicionadas. Um deles é o agendamento do carro.

Quando ele funcionará?

Como foi dito acima, o serviço pode ser usado atualmente apenas por colaboradores convidados. Sem falar que não há uma data oficial para chegar ao público. No entanto, segundo o Jornal do Carro, ele deve começar a operar no segundo semestre deste ano.

Neste primeiro momento, o foco do serviço será nas empresas. Agora, segundo o diretor de Negócios de Veículos do Itaú, o VEC Itaú deve chegar ao público em geral durante o ano que vem.

“Acreditamos que o mercado estará mais maduro em 2023 e poderemos lançar o VEC para o público”

“Estamos conversando com redes de estacionamentos, porque poderemos instalar as estações nesses locais, que são seguros, para oferecer uma boa experiência”, disse Rodnei Bernardino De Souza, diretor de negócios de veículos do itaú, em entrevista ao Jornal do Carro

Com informações de Itaú/Jornal do Carro

Notícias mais lidas

Como abrir uma locadora de veículos?

Abrir uma locadora de veículos tende a ser um ótimo negócio para 2021 e próximos anos. Para os turistas,...

Ford vai fazer ‘bastante falta’ ao setor de setor de locação, diz Abla

O presidente da Associação Brasileira das Locadoras de Automóveis (Abla), Paulo Miguel Junior, afirmou, em entrevista ao Valor Econômico, que a produção nacional...

Saída da Ford terá efeito negativo para locadoras de veículos, diz Credit Suisse

Os analistas afirmam que, entre as empresas de locação, a Localiza deve sentir os maiores efeitos do fechamento das fábricas da Ford,...