Início Carros Caoa Chery divulga números de vendas após 3 anos no Brasil

Caoa Chery divulga números de vendas após 3 anos no Brasil

Montadora promete cinco novos modelos em 2021, além de criação de marca premium

A Caoa Chery apresentou um balanço de seus primeiros três anos de atividades no Brasil e revelou ter vendido mais de 45 mil veículos no período. Os modelos são fabricados em Jacareí (SP) e Anápolis (GO), sendo onde são produzidos os modelos Arrizo 5, Arrizo 6, Tiggo 2, Tiggo 5X, Tiggo 7 e Tiggo8.

A empresa ocupa hoje a 11ª posição no ranking das montadoras, com 1,05% de participação no mercado nacional e tem planos de crescimento.

Mesmo com a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) prevendo uma queda de até 35% na quantidade de carros vendidos no Brasil, a Caoa Chery afirmou que a diminuição de suas vendas em relação a 2019 será em torno de 23%.

Em paralelo, a expectativa para 2021 é de crescimento de 70% em relação ao número de veículos produzidos em 2020. “Devemos fechar 2020 com pelo menos 20,2 mil veículos. E estimamos para o ano que vem em torno dos 34 mil”, diz Marcio Alfonso, CEO da Caoa Chery.

A montadora fechou o mês de novembro com 2.254 veículos vendidos, que representam um aumento de 12% em relação ao total comercializado em outubro (1.997 unidades) e de 18% na comparação com novembro de 2019 (1.902).

Nova marca premium

O grupo sino-brasileiro revelou que pretende trazer uma nova marca premium para o Brasil em 2021. Apesar de o nome não ter sido revelado, a expectativa nos bastidores é de que a marca seja a Exceed, lançada recentemente na China.

Mesmo com os impactos causados pela Covid-19, o CEO da Caoa Chery destacou fatores positivos no projeto da marca no Brasil.

“A pandemia pegou todos de surpresa. Assim como as outras empresas do segmento, precisamos nos readequar. Conseguimos dar respostas rápidas no ápice da crise e optamos por manter nossos lançamentos deste ano, visando fortalecer ainda mais a nossa marca. A chegada do Arrizo 6 e do Tiggo 8 trouxe mais robustez ao nosso portfólio. São produtos que nos colocam em outro patamar tecnológico e nos dão força para seguirmos crescendo”, diz Alfonso.

Seguindo o exemplo de outras montadoras, o grupo Caoa também apresentou sua plataforma de aluguéis de carros por assinatura. Voltada tanto para pessoas físicas ou jurídicas, o Caoa Rent a Car teve início neste mês.

“A meta de 5 mil (veículos locados) foi adiada para o ano que vem, já com a operação de aluguel para pessoas físicas em vigor”, disse Mauro Correia, presidente do grupo Caoa, que é responsável pelas revendas Caoa Chery, Ford, Subaru e Hyundai.

Fonte: Icarros

Notícias mais lidas

Blue Fleet, startup de tecnologia para locadoras de veículos quer revolucionar o mercado

Por Giselle Garcia O setor de locação de veículos teve faturamento recorde em 2019, R$ 21,8 bilhões, crescimento...

Locadoras aguardam entrega de 150 mil carros

Montadoras estão demorando de 90 a 180 dias para atender os pedidos. Há fila de motoristas de aplicativos e pode faltar veículo...

Maestro desfaz compra da Vox Frotas devido às condições de mercado

A Maestro Frotas informa que decidiu distratar o contrato de compra da Vox Frotas, levando em conta condições de mercado alheias à...